MERCADO IMOBILIÁRIO

TEMPLATE_300516Mercado de imóveis usados cresce e estimula venda para moradores

Com o delicado momento econômico do cenário nacional, os imóveis ganham um novo perfil de compradores. Durante a convenção administrativa do Conselho Regional de
Corretores de Imóveis (CreciSP), realizada em um hotel de Jundiaí, o presidente da entidade, José Augusto Viana Neto, disse que a ausência de lançamentos estimula as vendas de imóveis usados, e com isso o público comum, formado por compradores que desejam nova moradia, ganha espaço.
“Percebemos que o mercado está se tornando mais humanizado. Isso acontece porque os investidores, que buscam lançamentos e muitas unidades, deixam as oportunidades para quem realmente precisa adquirir um imóvel, como o público composto por jovens casais e moradores que desejam sair do aluguel”, revelou José Augusto ao JJ Regional.
Um fator que estimula a queda do preço do metro quadrado é o reajuste anual abaixo da inflação acumulada em 12 meses. “Em 2015, o imóvel valorizou 3,8%, índice bem inferior à inflação. A expectativa é que, neste ano, a valorização seja menor ainda, e isso favorece a aquisição”, opinou. Entre os compradores, o presidente do CreciSP aponta, como prioridade, quem precisa de apenas uma unidade. “Dados do último ano mostram 1,4 milhão de casamentos no País e 800 mil divórcios. Neste nicho já temos 2,2 milhões de interessados e possíveis compradores.”
Alternativa – Ciente das restrições impostas pela Caixa Econômica Federal, que agora financia 50% do valor do imóvel – ante os 75% pré-crise -, José Augusto orienta aos compradores algumas medidas para fugir do financiamento tradicional. “Há bancos privados que estão fortalecendo o segmento de financiamento. Em contrapartida, muitas construtoras já adotam financiamentos próprios, e o cliente pode negociar toda a forma de pagamento no momento da compra. Por este motivo é importante pesquisar e pechinchar.”
Com as novas opções, o presidente do CreciSP adianta que o setor imobiliário vai viver momentos semelhantes ao que aconteceu nas décadas de 1980 e 1990. “Sem o financiamento popular, o mercado terá que se virar sozinho. Apesar das dificuldades, há uma tendência de crescimento orgânico, que é sustentado por si próprio.”

Fonte: Jornal de Jundiaí.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

 

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>