DICAS

TEMPLATE_110416Organizar a mudança pode evitar maiores transtornos

O trabalho é inevitável, mas confira algumas dicas para fazer a mudança de forma mais simples e organizada

Uma mudança pode significar um recomeço, a chegada de uma nova rotina e gera aquele friozinho na barriga. Além disso, antes de começar a viver as novas experiências, é preciso encarar o trabalho que é encaixotar tudo na casa velha e desencaixotar no imóvel novo. O transtorno é inevitável, mas ele pode ficar mais ameno se houver organização na hora de preparar a mudança. Confira algumas dicas para fazer a mudança de forma mais simples e organizada.

Antes de mais nada, se você tem conhecimento da mudança com antecedência, comece a organizar tudo com o maior prazo possível. O primeiro passo é juntar caixas, que podem ser encontradas em supermercados. Como você não sabe quantas serão necessárias, pegue o máximo possível para não faltar na hora que estiver empacotando tudo.

Não deixe para começar a empacotar as coisas em cima hora. Pode ter certeza que o trabalho é enorme e pode levar mais tempo do que o previsto. “Empacotar tudo dá muito trabalho e, começando com antecedência, você não corre o risco de esquecer nada”, explica a arquiteta Juyana Alecrim, do escritório Alecrim Arquitetura.

Aproveite o momento que estiver separando as coisas que serão encaixotadas para avaliar o que é realmente necessário levar, desta forma a quantidade de coisas será menor e o trabalho também. “Pratique o desapego e não leve coisas que você nunca usou ou não usa há um bom tempo. Se não usou até agora ou não usa faz tempo é porque não vai usar mais e ele será só mais um volume para você se preocupar e ocupar espaço”, aconselha Julyana.

É importante ter critérios na hora de encaixotar as coisas para facilitar na hora de desembalar tudo na casa nova. “É muito importante colocar o conteúdo das caixas por cômodo porque vai facilitar na chegada à casa nova. Outra coisa importante é marcar o que tem dentro de cada caixa, se é frágil ou pesado”, explica a arquiteta. Ela ainda aconselha anumerar as caixas por importância ou ordem de desembrulhar, deixando como prioridade as coisas que você vai usar primeiro. “Comece pela cozinha por conta das comidas que podem estragar”, acrescenta.

O princípio básico de uma mudança e de conhecimento de todos é que é preciso embalar bem os produtos frágeis, podendo usar jornal ou plástico bolha para envolver os objetos de vidro. Mas outra dica também pode ajudar. “Na hora de guardar as roupas, coloque aquelas que geralmente ficam penduradas dentro do armário com o cabide dentro da caixa porque vai facilitar na hora de rearrumar na casa nova”, afirma Julyana. Lembre ainda de separar o fios de aparelhos eletrônicos e os identificar para não fazer confusão na hora de desembalar. Já uma dica para os talheres é deixá-los no próprio porta-talher e embalar a caixinha com papel ou papel contato.

Não se esqueça de deixar separado um “kit de sobrevivência” para o dia da mudança. “Reserve itens de banheiro, água, uma muda de roupa porque estará tudo encaixotado e você pode precisar de alguma coisa. Desta forma evita ter que abrir as caixas para encontrar o que precisa”, sugere a arquiteta.

Depois de embalar tudo, não se esqueça de fazer um check list para ter controle maior no dia da mudança. “O dia da mudança é muito corrido e cheio de gente estranha entrando e saindo de casa. É importante anotar o passo a passo do dia, o que vai para doação, o que é lixo, o que fica e o que vai, quantas caixas são e para que ambiente elas vão, a quantidade de móveis e eletrodomésticos. Isso ajuda na hora de conferir tudo na hora que as coisas forem chegando na casa nova”, reforça Julyana.

Por último, ao chegar na casa nova, não vá jogando tudo de forma aleatória. Ter critérios é fundamental para facilitar a organização de forma rápida e prática no novo espaço. “Não saia colocando tudo em qualquer lugar. Reserve um cômodo para acomodar todas as caixas e depois vá subdividindo cada caixa no seu respectivo ambiente. Ao retirar as coisas das caixas, vá já colocando tudo no lugar correto porque isso adianta o serviço”, ressalta. E lembre-se: se o cansaço for muito grande depois de um dia de mudança, saiba que não é preciso desencaixotar tudo no mesmo dia. Organizar as coisas descansadas pode dar um resultado melhor e mais rápido.

Fonte: Zap Imóveis.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>