INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_310716Aumenta a área da Reserva Biológica da Serra

Só no ano passado a reserva ganhou mais 646 mil metros quadrados. Tendência é aumentar mais ainda

Com a doação de 6.711 metros quadrados de contrapartidas privadas, a área da Reserva Biológica Municipal da Serra do Japi chegou, em julho, ao patamar estimado de 47% de domínio público dessa importante unidade de conservação de mata atlântica.

O balanço da Prefeitura de Jundiaí aponta que a Rebio Municipal Serra do Japi, criada em 1991 e que ocupa 20,71 milhões de metros quadrados (22,5% da área tombada da serra no município), terminou o ano de 2015 com 9,656 milhões de metros quadrados regularizados com posse pública, sendo 645.598 metros quadrados apenas no ano passado.

Os novos avanços são a doação de 13 áreas pela CCDI 23 Empreendimentos, totalizando 3.617 metros quadrados de uma contrapartida de Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV), e de outras 12 áreas pela Recall do Brasil, totalizando 3.094 metros quadrados de uma compensação de Termo de Compensação de Recuperação Ambiental (TCRA).

Em ambos os casos são áreas integrantes do Parque Brasil, um antigo loteamento embargado pelo tombamento estadual em 1983 e próximo da Base Ecológica Miguel Castarde, no núcleo da Rebio. Outras negociações em andamento devem dar continuidade ao processo de posse pública da reserva municipal, situada nas altitudes mais elevadas da Serra.

O TCRA contou com a participação da Companhia Ambiental Estadual (Cetesb) e o EIV teve o trabalho técnico da Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente. A Reserva Biológica Municipal também conta com o apoio da Fundação Serra do Japi. De acordo com seu presidente, Flávio Gramolelli Júnior, o  fortalecimento da pesquisa científica e da educação ambiental nessa área passam pela sua regularização fundiária antes de futuras ampliações da própria reserva.

Fonte: Jundiaí Notícias.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai  #jundiai  #informativojundiaiyarid

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

VOCÊ SABIA?

TEMPLATE_290716Veja quais são os documentos necessários para alugar um imóvel

Saiba o que ter em mãos para não perder a oportunidade

Para fechar um contrato de aluguel é necessário levar uma série de documentos para comprovar que você pode bancar determinado imóvel. É importante juntar tudo o mais rápido possível para não perder a locação.

O inquilino deve agilizar a documentação exigida pelo proprietário ou pela imobiliária, tanto dele quanto a do fiador, se esta for a forma de garantia adotada. Não existe uma lista fixa de documentos necessários, mas identidade, CPF e comprovante de renda são itens básicos que geralmente são exigidos.

Para o fiador, são necessários o CPF e a identidade, comprovante de residência, certidão de casamento (e CPF e identidade do cônjuge, em caso de ser casado), comprovante de rendimento (contracheque, carteira profissional ou declaração do imposto de renda), certidão de posse de um imóvel, que não deve conter nenhum ônus, além de cópia do último IPTU.

“O mais importante é a comprovação de renda, seja com imposto de renda, com extrato bancário ou contracheque, para ter conhecimento que o proprietário não vai sair no prejuízo”, reforça a advogada Daniele Akamine.

Fonte: Zap Imóveis.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

FINANCIAMENTO

TEMPLATE_250716

Caixa vai financiar compra de imóveis de até R$ 3 milhões

Além de aumentar o limite, a caixa vai também aumentar a cota de financiamento do SFI para imóveis usados

A Caixa Econômica Federal vai elevar o teto do valor de imóveis financiáveis pelo banco, o percentual de financiamento para imóveis de valores maiores e facilitar condições para construtoras, num esforço para acelerar os desembolsos no segundo semestre.

Uma das principais medidas do pacote previsto para ser anunciado é dobrar para R$ 3 milhões o valor máximo dos imóveis que podem ser financiados pelo banco, de acordo com o Vice Presidente de Habitação da Caixa, Nelson Antonio de Souza.

Além disso, segundo ele, a Caixa elevará a cota de financiamento no Sistema Financeiro Imobiliário (SFI), usado para imóveis de valor superior a R$ 750 mil, de 70% para 80% nos imóveis novos, e de 60% para 70% no caso de usados.

O banco também está reabrindo e expandindo uma linha que permite a transferência de financiamento imobiliário que tenha sido contratada com outros bancos. Com isso, mutuários poderão transferir para a Caixa até 70% dos empréstimos que tenham tomado com outras instituições financeiras. O limite hoje é de 50%.

Outras medidas para pessoas físicas incluem elevar o nível de aprovação das propostas pelo banco, hoje em 80%, além de intensa campanha de divulgação. Até junho a Caixa, maior financiador imobiliário do Brasil, concedeu menos de R$ 39 bilhões, de um orçamento para o ano hoje de R$ 93 bilhões.

O esforço para fazer o setor, um dos que mais refletem a forte recessão do país, voltar a ganhar tração inclui também flexibilização de parâmetros para concessão de recursos às construtoras. Uma das iniciativas neste sentido é  a reabertura do chamado Plano Empresário (PEC), mecanismo simplificado de financiamento que tinha sido suspenso devido ao aumento da inadimplência e do grande volume de renegociações.

Além de ser reaberta, a linha terá  prazo de amortização estendido de 6 para 12 meses, com carência de 6 meses. O foco da Caixa em imóveis para famílias de renda mais alta visa reverter a tendência de forte contração, provocada em parte pela escassez de recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), principal fonte de recursos de financiamento imobiliário do país.

Fonte: Jundiaí Notícias.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

 

 

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_240716Jundiaí tem mais de 2,5 mil vagas para cursos à distância

O Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) está com vagas abertas para cursos gratuitos no modelo a distância (EAD). As disciplinas oferecidas reúnem temas complementares para todas as profissões, válidas para quem está trabalhando ou para quem busca colocação no mercado. As aulas são todas on-line e intuitivas, como garante a instituição.

Ao todo, são 13 cursos rápidos, com carga horária de 14 horas. A iniciativa tem o apoio da administração municipal, por meio da secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia.

Todos os cursos oferecem certificado quando da conclusão dos estudos. O Senai abre 99 vagas por disciplina, o que totaliza 2574 vagas por mês. Atente-se às datas de fechamento das próximas turmas: 26 de julho a 29 de agosto e 9 de agosto a 9 de setembro. Serão até duas turmas por curso, todos os meses, até novembro.

O aluno precisa ter, no mínimo, 14 anos, Nível Fundamental, conhecimentos em Windows e Internet e acesso a computadores com conexão à internet, além de uma conta de e-mail pessoal.

Mais informações pelo telefone (11) 4523 6400. O Senai de Jundiaí fica na rua engenheiro Roberto Mange, 95, Anhangabaú.

Fonte: jundiai.sp.gov.br

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai  #jundiai  #informativojundiaiyarid

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

 

VOCÊ SABIA?

TEMPLATE_22071606 casas diferentes que parecem ter saído de um sonho

Casas inusitadas com formatos diferentes e incríveis, feitas de materiais e ideias tão curiosas que parecem ter sido criadas nos sonhos e trazidas para a realidade.
Confira 06 destas invenções malucas e até estranhas e surpreenda-se!

Casa de pedra
Acredite se quiser, mas, quatro rochas enormes em Portugal foram transformadas em uma residência particular! Isso mesmo, na Serra do Fafe existe uma casa feita toda de pedra. Ela foi construída no ano de 1972 como um refúgio de férias para uma família portuguesa. Mesmo não sendo aberta a visitação, já virou um ponto turístico, principalmente porque lembra a “casa dos Flintstones”, pela familiaridade com o desenho animado.

Casa-de-Pedra


CASA DE VIDRO
Toda de vidro: uma casa projetada com estrutura e paredes transparentes (de 10 cm de espessura), além de toda a sua mobília também ser feita de vidro: É a Glass Concept Home, do arquiteto Carlo Santambrogio e do designer Ennio Arosio. Se você não conseguiria viver exposto ou está à procura de privacidade, fuja dessa ideia! Tudo o que está dentro dessa casa pode ser visto por quem está fora. Mas o lado incrível é poder apreciar a paisagem ao redor e curtir a luz do dia em todos os cômodos. Esta foi construída em Milão, na Itália, e é incrivelmente linda e diferente. Ficou com vontade de morar em uma dessas? Pois também é preciso investir muito dinheiro, a casa custa cerca de 6.200 dólares O metro quadrado!
Casa-de-vidro

Casa invertida / de ponta cabeça!
O brasileiro Eduardo José Lima construiu a casa – nada comum – dos seus sonhos em Belo Horizonte – Minas Gerais. E é uma casa invertida, totalmente de ponta cabeça! Telhado no chão, tapete no teto… De início essa casa maluca era para ser uma clínica veterinária bem diferente, mas acabou virando um espaço alugado para eventos. A divertida obra, com toda essa imaginação e criatividade, durou dois anos para ser concluída e recebeu ideias de várias pessoas.
Casa-Invertida

 

A casa mais estreita do mundo
Se você acha a sua casa pequena, precisa conhecer a Casa Keret, em Varsóvia, na Polônia. Ela É considerada a casa mais estreita / fina do mundo. O projeto do arquiteto Jakub Szczesny tem apenas 14 m², com 1,22 m em seu ponto mais largo e 72 cm no mais estreito. Pode parecer impossível, mas ainda assim, a residência tem espaço para cinco cômodos (cozinha, sala, quarto, banheiro e um cantinho de leitura), porém, com móveis feitos sob medida. Você conseguiria viver neste pequeno espaço? O escritor Etgar Keret foi o primeiro morador e inspirou o nome do projeto da casa.
Casa-Corredor

Casa debaixo da terra
Que tal viver embaixo da terra? Mas não se trata de uma toca como a de animais não, e sim de uma casa luxuosa e inovadora! Mesmo um tanto quanto estranho, este projeto dos arquitetos das empresas Christian Müller e SeARCH foi realizado na Suíça e tem uma decoração incrível. Apesar de sua diferente estrutura oval na entrada, a residência conta com porta e janelas normais, e é só descer uma escada para ter acesso para aos cômodos da casa.
Casa-Terra

 

Casa de concha
Uma casa feita para curiosos, para quem se pergunta como seria viver em uma concha.  Projetada pelo arquiteto Javier Senosiain, a casa Nautilus foi construída para uma família morar na Cidade do México. No seu interior, em espiral, a sensação é de estar mesmo dentro de um caracol.
Casa Concha

E aí, já escolheu qual dessas casas diferentes você gosta mais?

Fonte: gsp.com.br

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

 

 

 

SEGURANÇA

TEMPLATE_180716Como tornar a casa segura para as crianças

Selecionamos as principais mudanças que devem ser feitas para garantir que o seu filho esteja seguro dentro de casa. Confira!

Cozinha
- Use as bocas de trás do fogão e certifique-se de que os cabos das panelas estejam virados para dentro para não serem alcançados;
- Mantenha sacos plásticos, fósforos, isqueiros, álcool, objetos de vidro, cerâmica e facas fora do alcance das crianças;
- Não use toalhas compridas na mesa de jantar. Seu filho pode puxá-la para se apoiar e, se houver algo em cima dela, como líquidos e alimentos quentes, isso pode cair em cima dele.

Banheiro
- Mantenha a tampa da privada sempre fechada, se possível lacrada com algum dispositivo de segurança, ou deixe a porta do banheiro trancada;
- Nunca deixe a criança na banheira sem supervisão, nem mesmo por pouco tempo;
- Antes do banho, teste a temperatura da água para evitar queimaduras;
- Tranque o armário de medicamentos, vitaminas, antissépticos bucais e demais produtos que ofereçam perigo de intoxicação;
- Guarde utensílios afiados e aparelhos como lâminas de barbear, tesouras e secadores de cabelo fora do alcance das crianças.

Sala
- Pisos escorregadios e tapetes oferecem risco de quedas. O ideal é colocar antiderrapante nos tapetes ou retirá-los do ambiente;
- Use portões de segurança no topo e na base das escadas. Caso a escada seja aberta, instale redes ao longo dela;
- Instale grades ou redes de proteção em janelas, sacadas e mezaninos;
- Substitua fios elétricos desencapados e proteja tomadas com tampas, fita isolante ou mesmo móveis;
- Tenha certeza de que o piso está livre de objetos pequenos como botões, colar de contas, bolas de gude, moedas e tachinhas. Tire esses e outros pequenos itens do alcance do bebê, pois, nessa fase do desenvolvimento, quase tudo que a criança pega vai à boca;
- Cortinas ou persianas com cordas podem trazer o risco de estrangulamento, especialmente para os menores;
- Cuidado com quinas afiadas! Prefira móveis com quinas arredondadas ou use protetor;
- Mantenha os móveis longe de janelas e cortinas. Eles podem ser usados para escalar.

Quarto
- Se o quarto tiver beliche, as crianças menores de seis anos devem ficar na parte de baixo. Se não tiver escolha, instale grades nas laterais;
- Evite posicionar camas e qualquer outro móvel perto da janela. Eles podem ser usados para escalar;
- Ao escolher brinquedos, considere a idade e a habilidade da criança e busque sempre o selo do Inmetro. Evite brinquedos com pontas afiadas, como flechas, e os que produzem sons altos;
- Sufocações podem ser causadas por brinquedos, travesseiros e lençóis dentro do berço. As grades do berço devem ter no máximo 5 cm entre elas;
- Cuidado com quinas afiadas e mantenha os móveis longe de janelas e cortinas.

Lavanderia ou área de serviço
- Após utilizar baldes e bacias, esvazie-os, guarde-os virados para baixo e longe do alcance das crianças;
- Produtos de limpeza devem ser guardados em lugares altos ou trancados. Além disso, deve-se mantê-los em seus recipientes originais para não confundir as crianças. Por serem muitas vezes coloridos, as crianças podem pensar que aquilo é um suco ou refrigerante;
- Antes de comprar uma planta nova, verifique se ela não é venenosa e apresenta perigo para os pequenos.

Garagem
- As garagens não são um local seguro, não permita que as crianças brinquem nelas. Ao manobrar o carro, certifique-se de que não há nenhuma criança por perto;
- Lembre-se de trancar o carro, especialmente o porta-malas, e manter as chaves e controles automáticos longe do alcance das crianças. Elas podem entrar no veículo, soltar o freio de mão ou mesmo ficar presas lá dentro.

Piscina
- Piscinas devem ser protegidas com cercas de no mínimo 1,5 m, que não possam ser escaladas e portões com cadeados ou trava de segurança que dificultem o acesso dos pequenos;
- Quando a criançada for usar a piscina, a supervisão de um adulto o tempo todo é essencial;
- Esvazie piscinas infantis após o uso e as guarde longe do alcance das crianças.

Fonte:Casa e Jardim.

#yaridimovies  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_170716

Serra do Japi tem monitoramento ampliado pela GM

A Guarda Municipal de Jundiaí irá ampliar o sistema de monitoramento por câmeras para fiscalizar focos de incêndio e quedas de balões na Serra do Japi. O novo equipamento está previsto para ser implantado em agosto no Posto Avançado (PA) 11, no Jardim Ermida, e também há estudos para implantação de uma terceira câmera em uma das antenas da região do Santa Clara.

Os novos equipamentos fazem parte do projeto iniciado há três anos e que atualmente conta com uma câmera instalada na antena do Mirante, próximo a Base Ecológica, na
Malota. “Com o apoio das câmeras de segurança instaladas em pontos estratégicos, a Guarda Municipal terá condições de monitorar 24 horas por dia a Serra do Japi”, informa o subinspetor Castro, atual responsável pelo Grupamento Florestal da Guarda Municipal de Jundiaí. Para ele, o fato da Serra do Japi ser monitorada constantemente por câmeras de segurança inibe ações de pessoas que costumam praticar crimes ambientais na área, como a prática de soltar balões, por exemplo, que é uma das mais perigosas para a preservação da Reserva Biológica (Rebio) nesta época do ano.

A instalação das novas câmeras de segurança dependem de autorização da Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações), pois as imagens são transmitidas por meio de rádio frequência para o Centro de Controle Operacional (CCO) da Guarda Municipal. No local, o trabalho de fiscalização é coordenado pelo subinspetor GM Russo, que está animado com a nova tecnologia para auxiliar no combate aos incêndios. “As câmeras auxiliam na identificação dos focos de incêndio e proporcionam um atendimento mais rápido para evitar incêndios de grande proporção. No caso dos balões, a partir do momento que identificamos um objeto, conseguimos montar uma ação específica para o lugar onde ele for cair, evitando que o fogo se alastre”, explica.
Para o superintendente da Fundação Serra do Japi, Flávio Gramolleli, as relações institucionais entre Guarda Municipal e Defesa Civil com outros municípios também têm colaborado para que ações de combate a incêndios na Serra do Japi sejam mais eficientes.

Fonte: Jornal de Jundiaí

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai  #jundiai  #informativojundiaiyarid

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

VOCÊ SABIA?

TEMPLATE_150716O maior aquário do mundo

Uma ilha do sul da China que Pequim faz de laboratório para o futuro do país tem atraído as atenções depois da construção do maior aquário do mundo.

Vizinha de Macau, a ilha de Hengqin fica perto da cidade de Shenzhen, às portas de Hong Kong.

Há 35 anos, Shenzhen, um povoado de pescadores, foi declarado zona econômica especial. Hoje, é uma cidade com 10 milhões de habitantes, repleta de arranha-céus.

Hengqin permanece coberta de campos e terrenos sem cultivos, mas as autoridades querem testar lá o modelo econômico da China do amanhã.

À espera de polos educacionais, das indústrias criativas, dos parques temáticos e dos hotéis destinados a atrair consumidores de classe média, foi construído na ilha um aquário orçado em 5 bilhões de dólares.

O Chimelong Ocean Kingdom é um complexo com mais de 130 hectares, onde são encontradas diversas atrações e hotéis.

Seus tanques com 49 milhões de litros d’água (o equivalente a 50.000 toneladas) fazem dele o maior aquário do Mundo, segundo o livro Guinness dos Records.

“É imenso! Há, inclusive, tartarugas!”, disse Wu Junfeng, de 11 anos, com seu ingresso de 300 iuanes (50 dólares) na mão, enquanto observa ciclídeos amarelos, peixes-espada e tubarões.

Fonte: Folha de São Paulo.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

 

 

DICA

TEMPLATE_110716Descubra as vantagens de ter um seguro para o imóvel

Benefícios vão muito além da cobertura por incêndio e contratos oferecem vários tipos de assistências 24 horas

Contratar um seguro para o automóvel já se tornou atitude comum e é quase unanimidade que os proprietários assegurem os veículos antes mesmo deles saírem das concessionárias. Porém, a prática não se repete quando o assunto é o imóvel, um bem com valor agregado mais elevado e que merece atenção especial. A questão é que ainda existe uma percepção que o seguro para o imóvel pode pesar muito no bolso, mas uma rápida pesquisa pode mostrar o contrário e ainda revelar as vantagens de ter o bem protegido.

“Ainda existe um paradigma a se quebrar porque duas coisas ainda interferem quando o assunto é o seguro para o imóvel. A primeira é a ideia de que assegurar o apartamento ou casa custa muito caro, principalmente porque se faz um comparativo proporcional em relação ao valor do seguro do carro. A segunda é que existe uma percepção que o seguro do imóvel só tem cobertura para incêndio e não é isso”, explica Carlos Valle, vice-presidente da SINCOR -PE (Sindicato dos Corretores e Seguros de Pernambuco).

Pode até parecer o mais improvável, mas é importante ter consciência que todos os imóveis estão sujeitos a desastres mais sérios, como um incêndio. Por mais cuidados que existam, um curto-circuito, uma faísca, uma vela que tocou na cortina, qualquer pequeno detalhe pode causar um grande estrago. Nesse momento, a primeira questão é se o imóvel está assegurado. Mas, de fato, dentre os benefícios para contratar um seguro para o imóvel, este, apesar de sua importância, provavelmente é o que será menos usado.

Mas muitas outras vantagens ainda são desconhecidas pelo grande público, como, por exemplo, outros serviços que são garantidos para quem contrata um seguro para o imóvel. Imagina ter uma assistência 24 horas para vários serviços do lar. A chave quebrou na fechadura? Chama o chaveiro. Deu problema na fiação elétrica? Convoca o eletricista. A máquina de lavar deu defeito? Liga para o técnico. E imagina quantos gastos vão se acumulando durante o ano.

“No final das contas, você pode pagar um valor de R$ 40 reais por mês, por exemplo, para ter à disposição todo tipo de serviço do lar, como eletricista, encanador, técnicos em eletrodomésticos. Se você precisa desses serviços e contrata por fora, vai acabar gastando muito mais, levando em consideração que a visita de um técnico pode custar R$ 80”, esclarece Carlos Valle.

A dica é procurar um corretor para fazer uma simulação de seguro para o imóvel. “Não se assuste com o valor final como se fosse caro. Primeiro avalie quais os benefícios ele oferece e faça uma inversão das coberturas, somando o quanto você gasta mais ou menos por anos em serviços do lar e o quanto vai gastar por mês com o seguro”, explica o vice-presidente da SINCOR -PE.

Além disso, outro ponto importante é que nem sempre o prestador do serviço que você chama avulso faz o serviço bem-feito ou cobra o valor realmente devido pelo serviço. “A vantagem de ter uma assistência 24 horas é que será enviado um profissional de referência. E, ainda assim, caso o serviço não fique bem feito, pelos riscos naturais não-intencionais, você sabe a quem reclamar”, reforça Carlos Valle.

Portanto, o importante é quebrar os paradigmas, fazer um orçamento e ver o quanto o seguro vai pesar no bolso e se os benefícios que ele traz cobrem os gastos anuais com serviços para o lar, não levando em consideração apenas uma cobertura para incêndio. Apesar que isso estaria incluído também e sua consciência, mais tranquila.

Fonte: Zap Imóveis.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

 

 

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_100716Jundiaí cresce 13,44% a mais que Estado na divisão do ICMS

A participação de Jundiaí na divisão estadual do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) entre os municípios paulistas ganhou força significativa conforme apontam relatórios da Secretaria da Fazenda do Governo do Estado. O aumento verificado foi de 13,44% entre 2015 e 2016, saltando para o índice de 2,0348 diante de 1,7938 dos anos de 2013 e 2014, divulgados dois anos após a apuração.

Isso significa, em termos aproximados, que a economia da cidade no período cresceu 13,44% acima da média de todos os 645 municípios do Estado.

“Após a crise de 2008, o crescimento do índice de participação de Jundiaí no ICMS paulista estagnou por três anos, permanecendo quase sem alteração até 2012, quando voltou a crescer, ainda que timidamente. Os maiores saltos se deram nos últimos anos, dos quais destacamos 2015 em relação a 2014, quando subimos mais de 7%, revelando o acerto das políticas de atração de novos investimentos e a capacidade de o município reagir mais fortemente ao período crítico pelo qual estamos passando no País e no mundo“, explicou o secretário municipal de Finanças, Pedro Galindo.

 

Por outro lado, o perfil diversificado da economia de Jundiaí permite que, em momentos incertos de economia, um setor afetado seja compensado por outro, em expansão. “O saldo desse balanço pode ser até positivo, como agora. É mais um fôlego extra para a manutenção de investimentos na cidade”, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, Marcelo Cereser.

 

Valor agregado
O resultado é considerado muito relevante para o economista José roberto Pellizer, também da Secretaria de Desenvolvimento Econômico, Ciência e Tecnologia, para quem esse cenário pode ser traduzido como “a capacidade da economia local em crescer, mesmo em tempos difíceis, fortalecendo o orçamento municipal e as ações de governo”.

 

A performance relevante, expõe, pode ser explicada pela base econômica existente em Jundiaí, de alto valor agregado. “Quanto maior o valor agregado, maior é o recolhimento de imposto para a cidade e maior a capacidade de investimento do Poder Público”, falou.

 

Essa agregação de valor, na análise, subiu mais em Jundiaí do que a média de todo Estado de São Paulo. O valor agregado ou adicionado de Jundiaí é a principal referência de cálculo para a participação da cidade na divisão do bolo do ICMS.

 

No mesmo período, por exemplo, houve queda de participação em outras cidades paulistas, como São Paulo (4,88%); Guarulhos (3,67%) e São Bernardo do Campo (7,62%). Já Campinas ficou praticamente estagnada com índice negativo de 0,45% e São José dos Campo cresceu 2,11%, o que fortalece a importância da escalada jundiaiense.

 

A partilha do ICMS
De todo o montante tributário arrecadado com o ICMS, o Governo Estadual fica com 75% e repassa 25% a todas as 645 cidades dos paulistas. O índice de participação de cada cidade está atrelado diretamente à movimentação econômica dos municípios. Quanto mais aquecida a economia local, maior a fatia repassada na partilha.

 

Valor agregado
É o valor agregado (ou adicionado) aos produtos nos processos produtivos ou comerciais a partir dos gastos com os insumos necessários à produção. Assim, se uma empresa ou empreendedor usa R$ 100 em insumos para produzir um bem ou serviço vendido a R$ 150, a agregação de valor foi de R$ 50.

Fonte: jundiaionline.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai  #jundiai  #informativojundiaiyarid

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br