ARQUITETOS DESENVOLVEM APARTAMENTO DE 37m² COM SETE CÔMODOS

TEMPLATE_281215

Morar em bairros centrais nas grandes cidades do mundo significa, em alguns casos, renunciar de espaços grandes e confortáveis para viver em casas menores, porém bem localizadas.
 
Um bom exemplo disso é o apartamento pensado por Graham Hill, funcionário da Treehugger, empresa de design sustentável para o meio ambiente.
 
Hill tem um apartamento em Nova York (EUA) de apenas 37 metros quadrados, mas que, apesar de pequeno, tem oito cômodos: dois quartos, um escritório, uma cozinha, uma sala de estar, uma sala de jantar e um banheiro.
 
O apartamento consegue comportar todos esses ambientes graças às suas paredes que deslizam em trilhos.
 
Fonte: Catraca Livre.
 
#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai
 
……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_271215Pinacoteca Diógenes Duarte Paes

A Pinacoteca Municipal “Diógenes Duarte Paes” foi criada em 2008 com a finalidade de desenvolver atividades relacionadas às artes visuais, com exposições, workshops, oficinas e afins. O museu possui um acervo variado de artes plástica, composto por 477 obras, a maioria de caráter bidimensional, de artistas plásticos brasileiros e de Jundiaí e Região.

Parte das obras foram incorporadas ao acervo por meio da doação realizada pelo Conselho de Fiscalização Artística do Estado, com as obras premiadas nos Salões Paulista de Belas Artes da década de 1960, que enriqueceram o acervo do ponto de vista qualitativo, com obras que se consolidariam como referências da melhor produção daquele período, como as esculturas: O menino tocando flauta, Tereza D´Amico; Apolo, Vicente Di Grado e Triste, Sisuko Sakai.

Muitas das obras premiadas nos Salões de Arte Contemporânea de Jundiaí, realizados pela Associação de Artes Plásticas de Jundiaí, entre as décadas de 1970 e 1980, contribuiu para formação e ampliação significativa do acervo. Entre os artistas premiados destacamos Cláudio Tozzi, Dissociação das Cores e Sérgio Romagnolo, Verde Oliva e Verde Azeitona.

É possível também entrar em contato com as pinturas de Inos Corradin, Paisagem; Chrismontez de Brito, Peso Pena e Elvio Santiago, O Vilarejo e os Balões. Além dos desenhos de Cecilia Celandroni, Urbano II e de Valdir Sarubi, Desenho II.

A despeito de sua ênfase na arte acadêmica, o acervo conta com obra de um dos nomes da geração modernista brasileira, o irreverente Flávio Carvalho, Mulheres (1972).

A Pinacoteca leva o nome de seu patrono – Diógenes Duarte Paes, artista jundiaiense de notável talento com pintura, desenho e literatura. Entre suas produções artísticas mais significativas destacamos o conjunto de aquarelas da Série Folclórica, que apresentam cenas do cotidiano ocorridos no interior de ambientes domésticos e públicos, nas quais é possível identificar a preferência do artista pelos personagens humanos, além de retratar valores sociais e culturais de uma Jundiaí nas primeiras décadas do século XX.

A Pinacoteca desenvolve atividades na área de comunicação, com suas exposições de longa e média duração, além de oferecer programa educativo para público escolar, idosos e comunidade.

Fonte: cultura.jundiai.sp.gov.br

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai  #jundiai  #informativojundiai

……………………..……………………..……….
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

4 TENDÊNCIAS DE DECORAÇÃO PARA 2016

TEMPLATE_211215

Muitas novidades vêm por aí: ao que tudo indica, 2016 será “o ano das cores”. Apesar de as decorações clássicas e neutras se manterem em alta e também serem tendência para o próximo ano, teremos o retorno – e com tudo! – da mistura de cores vivas e estampas com bastante informação. Veja abaixo o que estará em evidência em 2016 e escolha o seu estilo.
 
Decoração divertida: colorido + estampas
 
Uma das principais tendências para 2016, a decoração divertida é repleta de cores, estampas e objetos cheios de humor. Com um espírito jovial e urbano, essa decoração incorpora paredes coloridas, móveis laqueados e agrupamento de nichos. O maxi floral e as estampas marroquinas também vão estar em alta, principalmente em tons como vermelho, azul e amarelo.
Dentro desse estilo de decoração existem vários outros. Por exemplo, com as estampas florais, se tem uma decoração mais tropical e alegre; já com a estampa marroquina, o ar do ambiente já fica mais descontraído e com um estilo meio boho chic. Por isso, escolha qual desses segmentos mais refletem a sua personalidade e invista neles.
Além disso, outra grande sacada deste estilo é a incorporação da cultura pop na decoração: quadros icônicos, luminárias divertidas e outras peças de decoração com um tom de humor são a grande aposta dessa decoração, dando um ar bem jovial e descolado para o ambiente.
 
Tons de cinza sem monotonia
 
O cinza vem ganhando cada vez mais evidência na decoração, deixando qualquer espaço com um ar mais sofisticado e elegante. Porém, a tendência agora é inovar o cinza básico com a mescla de cores vivas. Amarelo, turquesa e púrpura são tonalidades que ajudam a quebrar a monotonia do cinza sem destoar, dando até mesmo mais charme para a decoração.
O cinza também faz parte do estilo industrial, que vem ganhando a casa e o coração de muita gente por aí. A mistura de tons sóbrios com materiais crus, como concreto e madeira, além das tubulações de paredes com tijolo aparentes são algumas das grandes características desse estilo, que deve se manter forte em 2016.
Outra grande tendência para 2016 é a volta dos eletrodomésticos vintage, como as geladeiras coloridas, por exemplo. Essa tendência casa bem com o estilo industrial – e com a decoração divertida também -, principalmente por quebrar a monotonia do ambiente.
 
Padrões geométricos
 
O nome até pode não ter te lembrado de nada em especial, mas com certeza você já viu essa tendência por aí. É um móvel adesivado aqui, umas almofadas ali, e assim os padrões geométricos vão ganhando seu lugar dentro da decoração.
Consiste em diversos desenhos geométricos, que vão desde linhas até formas complexas, como polígonos. O mais legal dos padrões geométricos é que eles podem ser tanto divertidos, com uma paleta de cores vivas ou em tons pastel, quanto minimalistas, com tons acizentados e neutros, como branco e preto.
 
 
Estilo escandinavo
 
A neutralidade e naturalidade na decoração nunca esteve tão em alta, o que deve seguir fazendo sucesso em 2016. Batizada de estilo escandinavo, essa decoração preza o minimalismo e tem algumas características bem marcantes, como o uso de móveis de madeira, cores claras e neutras, além de luz natural em abundância.
O estilo, surgido da própria região escandinava, tem como característica mais marcante a luminosidade, e por isso que o branco é usado em abundância dentro desse estilo. O preto e os tons pastel também são muito usados nessa decoração, principalmente nos detalhes, como molduras, almofadas, tapetes e outros objetos menores.
Os tons pastel, que já vêm fazendo sucesso, seguem sendo uma tendência para 2016. A única diferença é que eles ganham um tom a mais, com um pouquinho mais de vivacidade.
 
 
 
Fonte: arquitetesuasideias.com.br
 
 
#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai
 
……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_201215Entidades assistenciais fazem bazares para reforçar caixas

Com preços acessíveis, diversidade de produtos e com o apelo de ajudar na composição do orçamento das instituições assistenciais da cidade, os bazares se transformaram em fonte
de complemento de renda para a manutenção dos atendimentos. Para a população, os eventos são opções econômicas para garimpar boas peças a preços acessíveis.
 
No gosto da população, o Bazar Permanente do Grupo em Defesa da Criança com Câncer (Grendacc) e os bazares itinerantes realizados no local em parceria com lojistas ofertam peças em vestuário adulto e infantil, calçados e brinquedos. “Nosso custo mensal é alto e os convênios e repasses do Sistema Único de Saúde (SUS) não cobrem todos os gastos. Por isso precisamos de fontes alternativas. Os bazares ajudam
a compor os 30% que ficam faltando todo mês”, explica Gilberto Bútalo, administrador do Grendacc.
 
Para o próximo ano, o calendário disponível para bazares itinerantes está quase fechado. “É uma boa notícia. Somente neste ano conseguimos R$ 446 mil com essas vendas”, explica. O custo da instituição por mês é de R$ 700 mil.
 
Também direcionada ao atendimento das crianças, a Pastoral de Atendimento e Integração do Menor (Paim) se vale da renda conseguida com as vendas em bazares dos artigos recebidos por
doação para desenvolver projetos adicionais para os jovens e crianças.
“Esperamos conseguir ao menos R$ 1,5 mil com as vendas dos produtos que são roupas, utensílios domésticos e até móveis usados. Essa renda é usada para o desenvolvimento de atividades especiais e alimentação dos assistidos”, detalha Claudia Pereira Bento, assistente social da instituição.
 
Para 2016 – Na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (Apae) de Jundiaí, a meta para o próximo ano é realizar um bazar itinerante por mês, de acordo com Priscila Rodrigues,
coordenadora administrativa da instituição. “Neste ano realizamos sete eventos em parceria com lojas. O retorno é interessante e acaba engrossando o dinheiro para bancar o atendimento da instituição”, explica. A instituição mantém o atendimento do bazar permanente com oferta de
móveis e até eletrodomésticos doados em bom estado.
 
Para manter o atendimento, a instituição precisa de R$ 400 mil, mas apenas 65% desse valor é proveniente de convênios. “O restante (35%) precisa ser conseguido com fontes diversas, como os bazares, doações e telemarketing”, detalha. A Igreja Metodista também trabalha com bazares para custear as obras assistenciais que realiza em Jundiaí. De acordo com a presidente do Sociedade de Mulheres da Igreja Metodista, Yolanda Aparecida de Almeida Leite Mina, a renda
obtida com a venda nos bazares do Dia das Mães e de Natal custeiam o curso de pintura oferecido no Espaço Mulher da igreja. “São as alunas que confeccionam os produtos que são vendidos nos bazares e deles é que conseguimos mais renda para sustentar esse atendimento e até verba para
fazer a manutenção da igreja”, detalha. A renda, segundo ela, chega a R$ 1 mil por evento.
 
Vantagens – Quem gosta de garimpar em bazar garante que é economia garantida. A dona de casa Dulce Rossi, 42 anos, se considera uma ‘rata de bazar’, já que é frequentadora assídua da venda permanente do Grendacc. “Aqui compro ótimas peças por preços bem acessíveis. Levo para toda a família”, conta a mulher, lembrando que já conseguiu comprar calçados de marcar famosas por preços ínfimos.
Já Susete Paiva, 47 anos, estreou em bazar de associação na semana passada. “Minha patroa sempre faz doações para o bazar. De tanto ela falar eu vim para conferir e estou achando boas opções”, contou.
 
Fonte: Jornal de Jundiaí.
 
 
#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai  #jundiai  #informativojundiai
 
……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

VOCÊ SABIA?

TEMPLATE_181215Uma cidade nos Estados Unidos está sendo vendida por R$ 250 mil

Uma cidade com pouco mais de 2 hectares de extensão em Dakota do Sul, nos Estados Unidos, está sendo vendida por US$ 250 mil – preço que equivale a um quinto do valor de alguns apartamentos em Manhattan, por exemplo.
 
Swett foi colocada à venda seis meses atrás por US$ 399 mil, mas não foi comprada por ninguém. Segundo o Business Insider, a cidade contém apenas uma casa vazia e um bar defunto chamado Swett Tavern.
 
De acordo com a corretora imobiliária Stacie Montgomery, que detém a listagem do imóvel, a cidade voltou ao mercado porque as pessoas não tinham interesse no ano passado – mas,
agora, já se tornou uma “sensação internacional”: a corretora afirma ter recebido ligações durante a madrugada, e-mails e que o telefone não parou de tocar por duas semanas.
 
Dentre os mais procurados para comprar Swett estão caçadores, empresas de produção que querem filmar reality shows e também pessoas comuns que só querem ter sua própria cidade.
 
 
Fonte: Infomoney.
 
 
#yaridimoveis#imobiliariaemjundiai
 
……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br