VOCÊ SABIA?

TEMPLATE_131115Quem foi Eloy Chaves
 
Eloi de Miranda Chaves foi um advogado formado pela Faculdade de Direito do Largo São Francisco, empresário, banqueiro, proprietário rural e político brasileiro.
 
O Dr. Eloy Chaves nasceu em Pindamonhangaba, São Paulo, em 27 de dezembro de 1875, filho do Sr. José Guilherme de Miranda Chaves e de d.Cândida Marcondes de Miranda Chaves. Fez o curso secundário no Colégio Pedro II, diplomando-se em Direito em 1896, pela Faculdade de Direito do Largo de São Francisco, na capital paulista. Aos 20 anos, era Promotor Público em São Roque, transferindo-se, depois, para Jundiaí, onde advogou, fundou o Colégio Santo Antônio e iniciou sua carreira política, elegendo-se vereador. Mais tarde, como Deputado Federal, ocupou postos de relevância, entre os quais o de Presidente da Comissão de Marinha de Guerra. De 1913 a 1918 foi Secretário de Estado dos Negócios da Justiça e Segurança Pública, nos governos do Conselheiro Rodrigues Alves e de Altino Arantes.
 
Homem lúcido e de espírito empreendedor, teve atuação decisiva no surto de progresso de São Paulo, notadamente de cidades do interior, nas quais deixou a marca de sua capacidade realizadora. Em 1902, com José Teles, Edgar de Sousa e Aguiar de Andrade organizou a Empresa Elétrica de Jundiaí, mais tarde, em 1927, transferida para a “Light”. Antes disso, em maio de 1912, adquiriu com outros companheiros a Central Elétrica Rio Claro, transformada, de pequena empresa com apenas uma usina, na maior companhia de eletricidade de capital nacional. Impulsionado por sua capacidade de realização, fundaria, em 1944, a Empresa Elétrica de Itapura, que absorveu, dando maiores dimensões, a empresa de Andradina. Com a construção posterior de uma usina na Salto do Itapura, feita com imensos sacrifícios, beneficiou extensa região de São Paulo e de Mato Grosso, em cuja divisa a usina se situava. Com mais de 56 anos de sua fecunda existência dedicados ao setor de eletricidade, Eloy Chaves foi, também, agricultor e pecuarista de ideias avançadas e um dos grandes incentivadores da indústria de cerâmica em São Paulo, como fundador da Cia. Cerâmica Jundiaiense.
 
O Dr. Eloy Chaves faleceu em São Paulo no dia 18 de abril de 1964.
 
Fonte: Wikipédia.
 
#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai
 
……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br
 

JUNDIAÍ, UM BOM LUGAR PARA SE VIVER

TEMPLATE_121115

Agenda Cultural – 13/11 a 15/11/2015

Confiram a programação deste fim de semana:

Sexta no Centro
Quando: 13/11 – 18h às 22h
Onde: Praça Governador Pedro de Toledo (Rua Barão de Jundiaí, 762 – Centro)

História da Fotografia Africana entre 1840 e 2015
Com Juvenal Pereira e Holanda Cavalcanti
Quando: 13/11 – 19h às 21h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)

Um Ano de Festas
Mostra de Tecido Acrobático
Quando: 13/11 – 20h
Onde: Teatro Polytheama (Rua Barão de Jundiaí, 176 – Centro)

Recreação para a Família
Quando: 14/11 – 10h30 às 18h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)

Sarau Afrobase
Quando: 14/11 – 16h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)

Adriana Moreira (Show Cordão)
Quando: 14/11 – 19h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)

Contos Dançados da Guiné
Com Aboubacar Sidibé
Quando: 15/11 – 15h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)

Dança Negra
Com Cia. Treme Terra
Quando: 15/11 – 16h às 17h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)

Fontes:
http://migre.me/s5Ife
http://migre.me/s5IgU

#yaridimoveis #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

CONHEÇA A TELHA DE POLICARBONATO

TEMPLATE_091115

O mercado de telhas está cada vez mais sortido para atender ao consumidor ávido por produtos sustentáveis e de qualidade. Seguindo esta tendência, encontram-se à venda as telhas de policarbonato, um tipo de plástico feito de resinas derivadas do carbono. Para quem não sabe do que se trata, essas telhas são aquelas transparentes parecidas com vidro, que permitem o aproveitamento da luz natural durante o dia, e assim economizar na conta de luz no final do mês, representando uma ótima opção para as construções nos dias atuais.
 
Além dessa vantagem ambiental, o telhado de policarbonato apresenta outras que merecem destaque: em relação ao vidro, é cerca de 200 vezes mais resistente e tem menos da metade do seu peso. Também é fácil de manusear e não exige ferramentas complexas na instalação. E tem mais: a composição do policarbonato barra a passagem dos raios ultra violeta (UV) e ainda suporta grandes variações de temperatura, o que permite sua aplicação em qualquer clima.
 
Vale citar também que as telhas de policarbonato são resistentes ao fogo. Outra qualidade deste material se encontra na sua versatilidade, pois pode ser utilizado em diversos ambientes, como estufas, área de serviço, sacadas, varandas etc. E pode ser encontrado na forma compacta (com maior espessura, menos transparência e menos transmissão de calor), alveolar (parece com vidro canelado) e refletiva (impede a passagem de raios UV). Com 90% de transparência, essas telhas estão disponíveis nas cores, azul, transparente, cinza, verde e outras.
 
Contudo, não podemos deixar de citar aqui as desvantagens das telhas de policarbonato. Para começar, elas riscam facilmente e não são resistentes à abrasão, por isso, para manter a transparência, a limpeza deve ser feita à sombra e com água e sabão neutro, evitando-se o uso de produtos abrasivos (o uso de películas antiabrasivas é recomendado para aumentar a durabilidade das telhas). E mais, a fabricação dos painéis de policarbonato requer fosfogênio (substância química nociva à saúde dos trabalhadores, que devem ser altamente protegidos), demanda altas temperaturas e é cara, por isso os preços no mercado não são atrativos.
 
Bem, conhecendo agora um pouco mais sobre as telhas de policarbonato, fica mais fácil pesar os prós e contras na hora de escolher os critérios para seu projeto de construção. Com essas informações, siga os preceitos da sustentabilidade que o sucesso será garantido!
 
Fonte: Universo Jatobá.
 
#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai
 
……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_081115Jundiaí vai sediar 63º Fórum Paulista de Mobilidade

Jundiaí foi escolhida para sediar, em fevereiro de 2016, o 63º Fórum Paulista de Secretários e Dirigentes Públicos de Mobilidade Urbana. A escolha foi anunciada no último encontro realizado na quinta (22) e sexta-feira (23), na Praia Grande (SP).
 
O secretário de Transportes, Wilson Folgozi, que é vice-presidente de Trânsito do Fórum, explica que no evento são discutidas políticas públicas para melhoria da mobilidade urbana em municípios do Estado de São Paulo e a cidade de Jundiaí foi eleita, primordialmente, pela implantação do projeto do BRT (trânsito rápido por ônibus). “Jundiaí é exemplo por ser a primeira cidade média do Estado de São Paulo a implantar o BRT. Os outros assuntos tratados no fórum vão ser escolhidos por meio de reuniões.”
 
O Fórum Paulista é promovido pela Associação Nacional de Transportes Públicos (ANTP), por meio do Fórum Paulista, de que participam secretários e dirigentes de transportes de vários municípios paulistas, com objetivo de apresentar as experiências positivas adotadas nas cidades.
 
O BRT
O traçado, de 4,25 quilômetros, vai ligar o Terminal Colônia (na região Leste da cidade) ao Centro, na Praça Rui Barbosa. A obra prevê a construção de estações (de embarque/desembarque) e ampliação e reforma dos terminais Colônia e Vila Arens. Entre as estações estão: Tamoio, Pacaembu, Américo Bruno, Vila Arens, Argos e Parque Guapeva.
 
O projeto prevê também a construção de uma ciclovia (de 3,5 quilômetros), que vai acompanhar o corredor exclusivo para os ônibus até o viaduto Sperandio Pelliciari, que liga a Vila Arens à Ponte São João, e depois vai seguir em direção ao Terminal Vila Arens.
 
“O BRT junta a capacidade, velocidade e qualidade do metrô com a flexibilidade, baixo custo e simplicidade do sistema convencional”, destaca o secretário. “O novo sistema vai proporcionar uma melhora significativa ao transporte coletivo da cidade, tanto em qualidade do serviço, quanto em infraestrutura, conforto, segurança, agilidade e acessibilidade”, completa Folgozi.
 
Para a construção do BRT em Jundiaí o prefeito Pedro Bigardi já garantiu R$ 106 milhões junto ao governo federal e R$ 28,5 milhões de contrapartida da Prefeitura.
 
#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai
 
……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

VOCÊ SABIA?

TEMPLATE_061115

O que é o Taj Mahal
 
Considerado como uma das mais importantes construções da História da Humanidade, o Taj Mahal tem por de trás de suas edificações uma impressionante história. Durante o governo do imperador mongol Shah Jahan, houve um período de grande prosperidade material na Índia, sendo que os recursos acumulados durante esse governo permitiram a construção de vários jardins e edifícios. Na condição de monarca, Shah Jahan tinha várias esposas, mas Aryumand Banu Begam era, sem dúvida, a mais amada.
 
A sua predileção por Aryumand era tanta, que passou a chamá-la pelo nome de Mumtaz Mahal, ou seja, “a eleita do palácio”. Entretanto, a relação afetuosa entre Mumtaz e Shah chegou ao fim quando a esposa preferida não sobreviveu ao parto de seu décimo quarto filho. Desolado com a perda de sua amada, o poderoso rei ordenou a construção de um enorme mausoléu que deveria abrigar o corpo de sua amada e, ao mesmo tempo, simbolizar o amor do rei à sua falecida esposa.
 
Nos vinte e dois anos seguintes à morte de Mumtaz Mahal, o rei não poupou esforços para que sua homenagem póstuma fosse devidamente concluída. Durante vinte e dois anos, mais de 20 mil trabalhadores foram empregados na construção do Taj Mahal, nome dado à construção, que significa “a coroa do lugar”. Entre os materiais empregados na construção podemos destacar o uso de pesados blocos de mármore da Índia, ametistas persas, safiras do Ceilão, cristal e jade chineses, pedra turquesa tibetana e o Lápis – Lazuli do Afeganistão.
 
Em 1657, apenas cinco anos antes do palácio ser finalmente concluído, o imperador Shah Jahan adoeceu e perdeu seu posto imperial para seu filho Aurangzeb. Durante o tempo em que ficou enfermo, Shah observava o Taj Mahal e relembrava os dias felizes que teve ao lado de sua amada. Com a sua morte, em 1666, o antigo monarca foi enterrado ao lado de sua esposa predileta. Segundo estudiosos, o gasto com a dispendiosa prova de amor acabou marcando o declínio da dominação mongol na Índia.
 
Atualmente, o Taj Mahal representa uma das mais belas provas de amor já conhecidas. Além disso, a complexidade de seu traçado arquitetônico coloca esse mausoléu ao lado das mais perfeitas construções já realizadas pelo homem. Sua impressionante simetria arquitetônica marca a construção de seus portões, jardins e os túmulos que abrigam os corpos de Mumtaz e Shah. Relatos ainda sugerem que, na verdade, Shah construiria um Taj Mahal Negro ao lado do mausoléu em mármore branco de sua esposa.
 
No século XIX, o poderio britânico na Índia colocou em sério risco a preservação do monumento devido à depredação realizada pelos oficiais ingleses e as rebeliões hindus. No século seguinte, os ingleses realizaram um projeto de restauração e proteção do monumento. No ano de 1993, o Taj Mahal foi considerado um patrimônio da humanidade e, com isso, a preocupação com sua conservação tornou-se responsabilidade de diversos historiadores, arquitetos e restauradores.
 
Recentemente, intrigas giraram em torno das origens e motivações que teriam levado ao surgimento do Taj Mahal. Alguns estudiosos da cultura indiana afirmam que Shah, rei mongol de religião muçulmana, teria utilizado da construção de um antigo templo de adoração hindu para construir o mausoléu. Além disso, sacerdotes sunitas reclamam para si a propriedade do templo por causa da opção religiosa de Shah. Entretanto, o governo da Índia ignora tais disputas ao considerar o templo como um patrimônio nacional.
 
Fonte: Brasil Escola.
 
#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai
 
……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

JUNDIAÍ, UM BOM LUGAR PARA SE VIVER

TEMPLATE_051115

JUNDIAÍ, UM BOM LUGAR PARA SE VIVER
 
Agenda Cultural – 06/11 a 08/11/2015
 
Confiram a programação deste fim de semana:
 
História da Fotografia Africana entre 1840 e 2015
Com Juvenal Pereira e Holanda Cavalcanti
Quando: 06/11 – 19h às 21h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)
 
Forever/ Never (Agora ou Nunca)
Com Clipa Theater
Quando: 06/11 – 19h às 22h | 07/11 – 14h às 18h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)
 
As Bruxas de Oz
Quando: 06/11 – 22h
Onde: Teatro Polytheama (Rua Barão de Jundiaí, 176 – Centro)
 
Apalhassadamuzikada…uma Sinphonia Engrassada
Com Cia Teatral Turma do Biribinha
Quando: 07/11 e 08/11 – 11h às 12h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)
 
A Princesa de Bambuluá
Com Cristiane Velasco
Quando: 08/11 – 15h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)
 
Dikanga Calunga
Com CNave Gris Cia Cênica
Quando: 08/11 – 18h
Onde: SESC Jundiaí (Av. Antônio Frederico Ozanan, 6600 – Jd. Botânico)
 
And Thes Ocar´s Goes To
Quando: 08/11 – 19h
Onde: Teatro Polytheama (Rua Barão de Jundiaí, 176 – Centro)
 
Fontes:
http://migre.me/s1vUl
http://migre.me/s1w0g 

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

EM ENDEREÇOS COBIÇADOS, DESCONTOS EM LOCAÇÃO DE ESCRITÓRIOS PASSAM DE 22%

TEMPLATE_021115Em São Paulo, regiões da Marginal Pinheiros, Faria Lima e Berrini apresentam boas ofertas

A oferta de novos empreendimentos corporativos é grande e, em meio à instabilidade econômica, representa um bom momento para empresas e pessoas que buscam um novo escritório. O atual cenário levou as grandes empresas a iniciar uma fase de grandes descontos.
De acordo com dados da empresa Buildings, especializada em pesquisa imobiliária corporativa, este cenário de ofertas pode ser observado na região da Marginal Pinheiros, que enfrenta um período de baixa movimentação e tenta atrair ocupantes com descontos entre 14% e 20% nos preços de locação. Um dos pontos mais cobiçados da cidade, a Avenida Brigadeiro Faria Lima, oferece para as empresas empreendimentos que chegam a ter entre 14% e 25% de redução nos preços de locação em contratos de imóveis de grandes metragens.
Contudo, é na Avenida Engenheiro Luis Carlos Berrini, uma das regiões corporativas mais importantes de São Paulo, que o maior número de negócios voltados a locação de escritórios tem acontecido neste ano. A região registrou o maior volume de metros quadrados adquiridos desde o começo do ano, aproximadamente 45 mil m² de um estoque total de 525 mil m². Os descontos variam de 10% a 20% entre o preço pedido e o valor fechado em contrato.
Agora, se o objetivo for se instalar na Vila Olímpia, a margem de desconto varia de 8% a 20%, isto porque muitos prédios foram entregues a partir do final de 2014, sendo que grande parte deste volume, cerca de 40 mil m², de um estoque total de 370 mil m², já foi absorvido no primeiro semestre de 2015. Na região há cerca de 100 mil m² locáveis disponíveis, alta vacância e muita opção para os ocupantes e consultores negociarem o preço pedido.

Histórico da média de descontos praticados na cidade de São Paulo para locação de escritórios:

Ano    Descontos
2010    13,94%
2011    11,58%
2012    14,96%
2013    11,32%
2014    13,90%
2015*    22,30%
*Dados avaliados até 31/08/2015

Fonte: Infomoney.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_011115Jundiaí tem passeio rural que atrai turistas da capital

Esse é um setor cresce em média 6% ao ano no país

O passeio começa em São Paulo (SP), na estação da Luz. Os turistas embarcam em um trem, rumo a Jundiaí (SP).
Os turistas chegam animados para aproveitar o contato com a natureza e fugir da correria de São Paulo. Eles são recepcionados com queijo, vinho e música italiana. O bairro Caxambu é formado por famílias de imigrantes que há várias gerações trabalham no plantio da uva e na produção de vinho artesanais.
Depois dessa visita, os passageiros são levados para uma antiga fazenda de café, fundada em 1810. Na chegada, um belo almoço é servido com comida feita no fogão à lenha. Gostinho da roça que os turistas adoram.
O passeio pela fazenda é como uma viagem no tempo. A construção está preservada e é possível conhecer até o porão onde os escravos dormiam.
Segundo uma pesquisa do Instituto de Desenvolvimento do Turismo Rural, 10 mil propriedades já praticam essa atividade no Brasil.
Mais informações sobre o passeio de trem e visita às fazendas de Jundiaí: www.rizzatour.com.br

Fonte: g1.globo.com

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br