COLEÇÃO JUNDIAHY

TEMPLATE_310515Antonio de Queiroz Teles, o Barão de Jundiaí

Antonio de Queiroz Teles foi o primeiro Barão de Jundiahy (na época, com grafia antiga). Nascido na Vila de Jundiaí em 1º de fevereiro de 1789, o filho de lavradores dedicou-se também a lavoura, ingressando mais tarde na política com o intuito apenas de bem servir a sua terra. Ocupou vários cargos, foi Juiz de Paz, Vereador, Membro da Assembleia Provincial, Juiz Municipal, Juiz de Órfãos e Delegado de Polícia. Como Lavrador foi um dos defensores da construção de estradas de rodagem, por isso confiou-lhe o governo provincial a incumbência de fiscalização da estrada entre São Paulo e Campinas.
Foi eleito em primeiro lugar nas eleições e por conta de sua popularidade, em 1848, quando o Imperador Don Pedro II visitou Jundiahy, hospedou-se em sua residência. Teles foi condecorado Comendador da Ordem da Rosa e, posteriormente reconhecidos seus serviços, foi intitulado agraciando-o com o título de “Barão de Jundiaí”.
Antonio de Queiroz Teles foi sempre incansável em propugnar quer na Assembleia, quer perante o Governo pela construção de uma boa estrada entre Jundiaí e Santos e durante quase toda sua vida foi encarregado pelo Governo Provincial de inspecionar e fiscalizar parte da estrada entre São Paulo e Campinas.

Queiroz Teles teve 8 filhos, entre eles, Joaquim Benedito de Queiroz Teles (Barão do Japi), Ana Joaquina do Prado Fonseca (a Segunda Baroneza do Japi) e Antonio de Queiroz Teles Filho, o Conde do Parnaíba. Era casado com D. Anna Liduina de Moraes e faleceu em 11 de Outubro de 1870.

Entre as homenagens a seu nome, estão diversas ruas, praças e monumentos por todo o Estado de São Paulo. Das mais importantes, a Rua Barão de Jundiaí (conhecido como Calçadão da Barão), o Museu Solar do Barão (com história da cidade na época do império) e o Grupo Militar Barão de Jundiahy (no 12º GAC). Na cidade de São Paulo, mais especificamente no bairro da Lapa, a Rua Barão de Jundiaí é um importante corredor e calçada de comércio.

Fonte: baraodejundiahy.blogspot.com.br

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

GOVERNO LIBERA R$ 22,5 BI DA POUPANÇA PARA CRÉDITO IMOBILIÁRIO

TEMPLATE_290515_2

Em meio à falta de recursos para o crédito à casa própria, BC decide liberar bancos para usar parte dos depósitos compulsórios para operações de financiamento habitacional

Para resolver a questão da falta de recursos para o crédito à casa própria, o governo decidiu liberar os bancos para usar R$ 22,5 bilhões dos depósitos das poupanças que são obrigados a manter no Banco Central para desembolsos nas operações de financiamento habitacional.

A medida compõe o pacote de socorro ao crédito imobiliário. Juntando com as decisões tomadas pelo conselho curador do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) nesta semana, o governo vai injetar R$ 31 bilhões no setor imobiliário via financiamentos.

A quantia é semelhante à saída recorde de recursos da poupança nos quatro primeiros meses deste ano, quando os saques foram superiores aos depósitos em R$ 30 bilhões.

Preocupado com a inflação, o governo fez uma engenharia para liberar parte dos recursos que os bancos são obrigados a depositar na instituição, chamados de depósitos compulsórios, sem que o efeito saísse pela culatra e dificultasse ainda mais o combate ao aumento dos preços.

Leia na íntegra: http://economia.estadao.com.br/…/geral,governo-libera-r-22-…

?#?yaridimoveis? ?#?imobiliariaemjundiai?

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

PARA REFLETIR…

TEMPLATE_290515“O homem aprendeu a escrever os defeitos no bronze e as virtudes na água .”

Beethoven

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

A PLANTA CERTA PARA A SACADA

TEMPLATE_280515Conheça as espécies mais indicadas para compor o jardim na varanda

Para quem mora em apartamento, a varanda representa a possibilidade de ter um pouco de verde ao redor. “É fundamental reservar um local para a natureza. Não importa o tamanho do jardim, mas sim a qualidade de vida que ele nos oferece”, diz a paisagista Paula Magaldi.

Antes de planejar o seu jardim na varanda é preciso redobrar a atenção no momento da escolha das espécies. As mais recomendadas são as de sombra e meia-sombra, que podem ser usadas em jardineiras de alvenaria ou em vasos.

A incidência do sol, a ação dos ventos e o espaço disponível também são determinantes para a definição do projeto. Em andares altos, por exemplo, o sol é presença garantida. Para aproveitá-lo, aposte no colorido de árvores frutíferas como os pés de jabuticaba, romã e pitanga. Os apaixonados por ervas e temperos também podem reservar um local para uma pequena horta.

Veja abaixo as espécies mais indicadas para cada ambiente e como cuidá-las:

Espécies indicadas para meia-sombra: lança-de-são-jorge, pândano espiral, pata-de-elefante, pau-d’agua, asplênio, palmeira-ráfis.
Cuidados: irrigação, limpeza e adubação

Espécies indicadas para varandas ensolaradas: palmeira fênix, moreia bicolor, pleomele e jabuticabeiras.
Cuidados: verifique a necessidade de rega de cada espécie e a posicione para que receba a ação dos ventos com frequência.

Espécies mais recomendadas para a sombra: palmeira-ráfis e bromélia de sombra.
Cuidados: fique atento ao excesso de água, pois nesse caso, ela pode ser mais prejudicial do que a falta de rega.

Fonte: Delas.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

MÓVEIS FEITOS COM MDF APRESENTAM ÓTIMA RESISTÊNCIA

TEMPLATE_250515Os móveis e objetos de madeira atribuem elegância ao seu espaço e combinam com inúmeras decorações. Mas você sabe como eles são fabricados? Muitos são produzidos com MDF. A sigla significa Medium Density Fiberboard ou, em português, chapa de fibra de madeira de média densidade. Esse material permite a fabricação de painéis mais uniformes, facilitando o corte em diferentes ângulos e formas sem que sua superfície seja danificada. Por isso, os designs dos móveis feitos de MDF comumente possuem acabamentos mais detalhados e criativos.

Uma peça produzida com esse material, além de ser durável, pode receber diferentes tipos de tintas. O único cuidado recomendado para aumentar a vida útil do MDF é o de mantê-lo sempre longe de água. Para limpá-lo, use apenas um pano seco e macio e, caso seja necessário retirar manchas, utilize uma flanela umedecida em uma solução de água com álcool.

Diferenças entre MDF e MDP

O MDP, sigla que significa Medium Density Particleboard ou painel de partículas de média densidade, é mais poroso se comparado ao MDF e menos resistente. Essa característica limita a sua utilização a fabricações de móveis de linhas retas.

Seu custo, no entanto, pode ser até 30% mais barato do que o do MDF. Em relação à montagem e à desmontagem de peças, o MDP apresenta mais flexibilidade, por ser mais estável. Já o MDF é ideal para ser montado apenas uma vez, mas, por outro lado, permite cortes arredondados e peças sem irregularidades.

Origem e chegada ao Brasil

A primeira fabricação do MDF data dos anos 60, nos EUA. Na década de 70, a peça chegou à Europa. Já no Brasil, a fabricação do MDF começou em 1997 e houve uma rápida aceitação do material. Por aqui, a indústria de mobiliário é uma das principais demandantes do produto.

Fonte: Leroy Merlin.

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_240515Cicloturismo é a nova proposta do Circuito das Frutas

A secretaria-executiva do Circuito das Frutas, atualmente sediada na Prefeitura de Jundiaí sob responsabilidade da Secretaria de Agricultura, Abastecimento e Turismo, está coordenando estudos iniciais para uma inédita “ciclo rota” que vai abranger os dez municípios que compõe o Circuito – Jundiaí, Itatiba, Jarinu, Atibaia, Morungaba, Louveira, Itupeva, Indaiatuba, Vinhedo e Valinhos. A ciclo rota, como em diversos países do mundo, integraria o turismo rural ao uso de bicicletas em futuras parcerias com a iniciativa privada.

De acordo com o secretário Marcos Brunholi, as diversas cidades do circuito trabalham na busca da valorização do turismo rural e da agregação de valor ao campo.

“É uma proposta nova, que segue uma tendência mundial de ampliação do uso das bicicletas em circuitos turísticos. O Circuito das Frutas se tornará, certamente, uma referência”, acrescenta a diretora de turismo Marcela Moro.

Mais comuns em países da Europa e também em regiões de Santa Catarina, o cicloturismo valoriza a paisagem e teria com essa proposta sua primeira ciclo rota no Estado de São Paulo, potencializando a recepção de turistas brasileiros e estrangeiros.

O estudo inicial aponta para a criação de cinco trechos com aproximadamente 32 quilômetros cada. Eles podem ser feitos de maneira intercalada, e, percorrendo todos os trechos, o ciclista receberá um certificado de cicloviagem do Circuito das Frutas.

Trechos

Os trechos integram todos os municípios do Circuito das Frutas. A prioridade dos diversos trechos no roteiro está em estradas rurais ou que passem por paisagens diferenciadas no conceito de que “o turista comum procura um destino, o cicloturista busca um trajeto”, além de priorizar também um relevo predominantemente plano ou com baixa declividade, sendo sinalizados em guias os pontos de topografia mais exigentes.

Trata-se de um novo produto que pretende atingir todos os diferentes tipos de público.

Ao lado da valorização da cultura e do meio ambiente, o projeto também visa beneficiar os pontos de turismo rural, restaurantes, pousadas e outros serviços locais. A análise está em andamento no Consórcio e ainda não há cronograma de implantação.

De acordo com o portal do Ministério do Turismo, na Alemanha os cicloturistas são mais de 21 milhões e movimentam nada menos do que cinco bilhões de euros anuais. No Brasil, o segmento começa a se organizar, estimulando as economias locais e despertando pequenas regiões turísticas para a força da modalidade. O gasto diário médio do viajante é estimado em R$ 50 ao dia.

Fonte: jundiai.com.br

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

PARA REFLETIR…

TEMPLATE_220515“Se queremos progredir, não devemos repetir a história, mas fazer uma história nova .”

Gandhi

#yaridimoveis  #imobiliariaemjundiai
?

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

CONECTA IMOBI 2015 É REALIZADO COM MUITO SUCESSO E PROMESSA DE NOVAS EDIÇÕES

TEMPLATE_210515A edição 2015 do Conecta Imobi foi realizada entre os dias 12 e 13 deste mês no Expo Center Norte, em São Paulo. Foram mais de 27 horas de conteúdo apresentados por mais de 50 especialistas para mais de 1000 participantes na versão presencial e mais de 2000 na versão transmitida online.

Entre as palestras, muitas oportunidades de networking, troca de experiências e negócios através dos muitos expositores de empresas ligadas ao mercado imobiliário presentes no Salão Conecta.

Fonte: Viva Real.

E a Yarid Imóveis, sempre em busca de novidades e aperfeiçoamento, marcou presença para continuar trazendo o que há de melhor para seus clientes!

#yaridimoveis #imobiliariaemjundiai

……………………..……………………..……….
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

YARID IMÓVEIS COMPLETA 3 ANOS

YARID_TEMPLATE_3ANOSApós atuar no mercado imobiliário, em Jundiaí, o advogado Carlos Eduardo Yarid resolveu empreender e criou a Yarid Consultoria Imobiliária. O objetivo, oferecer serviços de qualidade, onde a preocupação com todos os envolvidos em cada negociação imobiliária é prioridade. “Inovação é a principal característica de nossos serviços, pois com a ferramenta correta conseguimos atender com agilidade, comodidade, conforto e eficiência”, afirma Yarid.

O primeiro contato do advogado com o setor imobiliário foi assim que se formou, pois identificou nesta área um mercado promissor. “Fiz especialização e comecei prestando serviço em direito imobiliário, depois passei pela gerência de vendas em uma empresa conceituada e acabei conhecendo todos os aspectos que envolvem as transações de venda e locação de imóveis.”

DSCN2270_TRATADA

Carlos Eduardo Yarid – Proprietário da Yarid Consultoria Imobiliária

Yarid acredita que o melhor caminho para uma empresa ter sucesso é investir em inovação. Por esse motivo, a Yarid Consultoria Imobiliária se faz presente nas mídias sociais e portais imobiliários, além de contar com um site inovador e as mais modernas ferramentas de trabalho. Outra característica da empresa é a fidelização da equipe de corretores. “Assim conquistamos a excelência no atendimento que envolve clientes (proprietários e interessados), gerência e corretores. Esse é o melhor caminho para a empresa crescer, independente das adversidades do mercado.”

Serviço: Yarid Consultoria Imobiliária
Rua Leonor P. Silva, 165, Parque do Colégio, Jundiaí-SP
Tel. 11 3379-1040
Carlos Eduardo Yarid (Creci Jurídico 25719-J)

#?yaridimoveis? ?#?imobiliariaemjundiai?

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br

INFORMATIVO JUNDIAÍ

TEMPLATE_170515Projeto de Revitalização do “Escadão” já está pronto

A Esplanada do Monte Castelo, conhecida popularmente como Escadão, será objeto de intervenção urbanística que, entre outras questões estruturais, vai recuperar o papel de ponto de contemplação e também de conexão entre os bairros do Centro e da Vila Arens. Em uma área total de 3,4 mil metros quadrados, o projeto liga as ruas Vigário João José Rodrigues e Barão de Jundiai por meio de um sistema de rampas – o que atende totalmente as normas de acessibilidade.

Construído no fim da década de 1940 para homenagear os soldados jundiaienses que lutaram contra o nazifascismo na Itália, o local surgiu como um belvedere. Com o tempo, árvores foram plantadas, incorporando também o aspecto de parque urbano. Em 2012, foi parcialmente demolido. A prioridade de recuperar essa região foi anunciada em setembro do ano passado.

O projeto contempla também mini-praças, mobiliário urbano como mesas e bancos, sistema de iluminação e novo paisagismo, entre outros tópicos. A escadaria original, remanescente da demolição ocorrida em 2012, será revitalizada.

A Secretaria de Planejamento e Meio Ambiente elaborou todo o projeto da urbanização e viabilizou a implantação em contrapartida definida na aplicação do Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV), adotado a partir de 2013. No caso, a parceria é do empreendimento Linea Home Style, da construtora MPD, vizinho ao local.
“A iniciativa de revitalização da Esplanada do Monte Castelo está inserida no contexto de dois projetos urbanos em desenvolvimento: de reabilitação do Centro Histórico de Jundiaí e do parque linear do Rio Guapeva, fazendo a conexão entre estes dois importantes projetos urbanos. A implantação do trecho do parque linear, que abrange a ligação entre as ruas Vigário e Prudente de Moraes, também faz parte desse pacote de contrapartidas e está prevista para a segunda etapa do projeto”, explica a arquiteta, urbanista e secretária de Planejamento e Meio Ambiente, Daniela da Camara Sutti.

O sistema de rampas é destaque do projeto ao permitir a total acessibilidade e imprimindo uma importante função urbanística, já que possibilita a ligação por pedestres entre importantes equipamentos públicos como o Complexo Argos, o Teatro Polytheama, a Câmara Municipal, a Pinacoteca e o próprio Centro Histórico.

Mirante e área verde
Para José Lisboa, que trabalha nessa área há 15 anos, o local merece ser revitalizado porque é um cartão postal da cidade.

Além da recuperação de um importante espaço público histórico de Jundiaí e da função urbanística dentro do contexto dos projetos urbanos em desenvolvimento, uma das principais funções da revitalização da Esplanada Monte Castelo é reverter o processo de degradação físico e social encontrado atualmente no local.

“Isso foi agravado pela demolição parcial do Escadão, em 2012. Apostamos que, com a implantação do espaço, criaremos condições confortáveis e seguras de circulação e permanência de pedestres, já que o projeto contempla praças de convívio e projeto especial de iluminação, reativando assim o local através do incentivo ao uso e revertendo dessa maneira essa condição de degradação”, observa o arquiteto, urbanista e coordenador de Projetos Urbanos da secretaria, Décio Luiz Pinheiro Pradella.

Fonte: jundiai.sp.gov.br

?#?yaridimoveis? ?#?imobiliariaemjundiai?

……………………………………………………..
Yarid Consultoria Imobiliária
Imobiliária em Jundiaí – SP
Realizar seus sonhos é a nossa meta.
www.yaridimoveis.com.br